Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Entrar
Exercícios para os olhos não funcionam para miopia ou hipermetropia, diz estudo
17 Maio 2012  |  08:27
WhatsApp Facebook Twitter LinkedIn Send
A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)
+ 1 Amigo(a)
Enviar Conteúdo
Técnicas são rotineiramente divulgadas, até pela internet.
Data:
Cidade:
Técnicas são rotineiramente divulgadas, até pela internet.

Resultados positivos são escassos, exceto em casos especiais.

Durante quase um século, exercícios para os olhos foram promovidos como uma forma de fortalecer a visão e aliviar a miopia e o astigmatismo, assim como o exercício para o corpo elimina a gordura e melhora a saúde.

Algumas das técnicas mais populares incluem exercícios de coordenação entre mãos e olhos, atividades de movimentação dos olhos e foco em luzes piscantes. As técnicas são amplamente divulgadas online e defendidas por várias empresas. Algumas até alegam que as técnicas são capazes de reduzir a necessidade de óculos e abrandar deficiências do aprendizado. No entanto, vários estudos concluíram que muitas dessas técnicas ao estilo "faça você mesmo" não possuem nenhum embasamento.

Um dos últimos estudos, publicado em 2009, encontrou poucas evidências para apoiar a ideia de que exercícios supostamente desaceleram ou reduzem a miopia, aliviam a dislexia e corrigem condições causadas por problemas fisiológicos, como visão embaçada. Uma conclusão similar foi alcançada num relatório de 2005, que analisou 43 estudos anteriores e não descobriu "nenhuma evidência científica clara" para a maioria dos métodos analisados.

Porém, existem algumas áreas da terapia da visão que já foram cientificamente validadas, incluindo a chamada ortótica. Nessa terapia, oftalmologistas prescrevem exercícios capazes de aliviar a visão dupla, problemas com foco e condições como estrabismo, também conhecida como olhos vesgos.
 
A ortóptica pode tratar a insuficiência de convergência, na qual os olhos têm problemas em trabalhar juntos. Ela afeta uma em cada 5 pessoas, mas, com os exercícios corretos, podes ser curada, segundo estudos.

Assim, os exercícios para os olhos são úteis para alguns problemas, mas não parecem aliviar a miopia ou a dislexia.

Fonte: New York Times

Comentar esta matéria

Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário