Cadastre-se
Férias: época para fazer check-up visual na garotada
7 Julho 2015  | Seção: Saúde  |  Categoria: 
  
   A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)

+ 1 Amigo(a)

Enviar Conteúdo
Doenças oculares podem aparecer na infância e na adolescência
Data:
Cidade:
Crédito da Foto: Artigo Visão Laser
Além de muita diversão para as crianças e adolescentes, a temporada de férias pode ser uma boa época para fazer um check-up oftalmológico. De 5% a 10% dos pré-escolares e 25% dos meninos e meninas em idade escolar têm problemas de visão. E a adolescência é o período em que mais comumente surge a dificuldade para enxergar de perto.

Segundo o professor-doutor em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo, Marcello Colombo Barboza, diretor do Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, quando se trata de doenças oculares, o diagnóstico precoce é fundamental para o resultado do tratamento. Em crianças, os problemas mais comuns são: Ambliopia, mais conhecida como Olho Preguiçoso, Estrabismo e os erros refracionais, Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia.

Nos jovens, as questões que vêm à tona durante a consulta com o oftalmologista são uso de óculos de grau e de sol e das lentes de contato. "Apesar de uma fase difícil, é fundamental o adolescente visitar seu oftalmologista, pois, miopia, astigmatismo e hipermetropia, além de doenças como ceratocone (doença que atinge e deforma a córnea) e alergias oculares, são muito recorrentes nessa faixa etária e podem comprometer a qualidade visual do paciente", destaca o médico.

Em geral, os exames são específicos de acordo com a idade. Crianças não-alfabetizadas são apresentadas a desenhos no lugar das letras durante o teste de visão. A primeira avaliação ocular deve ser feita ainda na maternidade, o conhecido Teste do Olhinho. Depois, as consultas precisam ocorrer aos 6 meses, 3 anos, 5 ou 6 anos.

Se a criança ou o adolescente usa óculos, o ideal é que a consulta com o especialista em olhos seja anual. Se não apresentar nenhum problema de visão, pode espaçar para cada dois anos. "É bom lembrar que um teste de visão apropriado em idade precoce é fundamental para garantir que seu filho tenha habilidades visuais necessárias para ter sucesso na escola. Um aluno que não enxerga bem tem o aprendizado e o futuro comprometidos".

 
Sobre o Hospital Oftalmológico Visão Laser

Fundado em 1936, pelo Dr. Luiz Barboza Filho, como Clínica Visão, o Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, é referência em saúde ocular na Baixada Santista. Hoje a unidade é dirigida pelos familiares do fundador, o filho Luiz Roberto Colombo Barboza, a nora Maria Margarida e os netos Marcello e Guilherme Colombo Barboza - todos oftalmologistas. 

O VL conta com profissionais de diversas subespecialidades clínico-cirúrgicas, além de anestesistas, enfermeiros e ortópticos. Mantém intercâmbio com os maiores centros oftalmológicos do Brasil e do mundo, como o Instituto Barraquer, em Barcelona (Espanha), e o Bascom Palmer, em Miami (Estados Unidos). O endereço é Avenida Conselheiro Nébias, 355, Vila Mathias, telefone (13) 2104-5000. Mais informações no site www.visaolaser.com.br. 
 
 
Sobre Marcello Colombo Barboza
 
É professor doutor em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo e titular da cadeira de Oftalmologia na Faculdade de Medicina do Unilus (Centro Universitário Lusíada).  É ainda professor assistente no Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo, diretor do Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, e membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, do Concílio Internacional de Oftalmologia e da Associação Americana de Oftalmologia.
Fonte:
Fernanda Mello
Comentários X

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.
Enviar Comentário
Analytics